26/01/2014

A Autoridade Maior

"Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra" (Mateus 28:18).
Muitas vezes procuramos pessoas importantes, na expectativa de receber algum benefício -- um bom emprego, uma doação generosa, uma facilidade para alcançarmos os nossos objectivos.
As pessoas importantes, mesmo sendo as nossas amigas, muitas vezes falham, muitas vezes esquecem-se, muitas vezes podem tratar-nos com indiferença, muitas vezes podem ignorar-nos completamente. Mas... o Senhor nunca falha, o Senhor nunca se esquece, o Senhor jamais nos ignora, jamais deixa de nos estender as mãos sempre que O buscamos com fé e submissão.
Ele deve ser a "autoridade" máxima das nossas vidas, a primeira Pessoa a procurarmos nas horas das aflições, das angústias, das grandes necessidades, da alegria, da felicidade e regozijo.
Não há homens mais importantes do que Deus, não há autoridade que seja mais poderosa do que Deus, não há Amigo que seja mais amigo que o nosso amado Deus. Ele é tudo para nós e podemos procurá-lo a qualquer hora do dia e da noite.
Ele nunca estará ocupado, nunca estará em reunião, nunca estará a viajar a negócios, nunca deixará de nos receber de braços abertos e perguntar-nos: "Que queres que Eu te faça?".
Ele é o nosso Bom Pastor, o nosso Conselheiro em qualquer circunstância, o Príncipe que encher-nos-á de paz e tranquilidade.
Em quem estás a colocar a tua confiança, em homens ou no Senhor?

25/01/2014

A tempestade

E, passado muito tempo, e sendo já perigosa a navegação, pois, também o jejum já tinha passado, Paulo os admoestava, Dizendo-lhes: Senhores, vejo que a navegação há de ser incómoda, e com muito dano, não só para o navio e carga, mas também para as nossas vidas. Mas o centurião cria mais no piloto e no mestre, do que no que dizia Paulo. E, como aquele porto não era cómodo para invernar, os mais deles foram de parecer que se partisse dali para ver se podiam chegar a Fenice, que é um porto de Creta que olha para o lado do vento da África e do Coro, e invernar ali. E, soprando o sul brandamente, lhes pareceu terem já o que desejavam e, fazendo-se de vela, foram de muito perto costeando Creta. Mas não muito depois deu nela um pé de vento, chamado Euro-aquilão. E, sendo o navio arrebatado, e não podendo navegar contra o vento, dando de mão a tudo, nos deixamos ir à toa. E, correndo abaixo de uma pequena ilha chamada Clauda, apenas pudemos ganhar o batel. E, levado este para cima, usaram de todos os meios, cingindo o navio; e, temendo darem à costa na Sirte, amainadas as velas, assim foram à toa. E, andando nós agitados por uma veemente tempestade, no dia seguinte aliviaram o navio. E ao terceiro dia nós mesmos, com as nossas próprias mãos, lançamos ao mar a armação do navio. E, não aparecendo, havia já muitos dias, nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não pequena tempestade, fugiu-nos toda a esperança de nos salvarmos. E, havendo já muito que não se comia, então Paulo, pondo-se em pé no meio deles, disse: Fora, na verdade, razoável, ó senhores, ter-me ouvido a mim e não partir de Creta, e assim evitariam este incómodo e esta perda. Mas agora vos admoesto a que tenhais bom ánimo, porque não se perderá a vida de nenhum de vós, mas somente o navio. Actos dos Apóstulos 27:9-22
Esta passagem fala-nos de uma parte da viagem de Paulo, com destino a Roma, querendo os Judeus a sua morte. Depois de a ler, podemos pensar: "O que isto pode servir de exemplo para o nosso dia-a-dia?".
Todos os dias em que vivemos, há decisões que temos de tomar. Umas menos importantes, outras um pouco mais, e outras realmente importantes. Nas realmente importantes, podemos ter a capacidade de realmente orar sobre essa decisão, e pedir a orientação do Senhor para podermos fazer a melhor escolha para nós. Nas decisões um pouco mais, podemos orar... de vez enquando, dependendo dos dias. Agora nas menos importantes, aí então olhamos para aquilo que nos parece melhor, tentamos analisar as coisas sob os nossos pontos de vista porque temos a noção que é algo simples e natural.
No entanto, nem sempre tudo corre como esperamos. O que pode parecer sem importância ou menos importante, pode tornar-se num grande problema quando, afinal, a decisão revela-se errada. Porque pensámos que seria uma coisa simples, podemos cair em grandes erros fatais. O que nunca nos devemos esquecer é que, quando nos encontrarmos no meio dos problemões, devemos orar ao Senhor, parar em meio à tempestade para tentar ouvir a Sua voz, e deixá-lo dizer:
"Mas agora vos admoesto a que tenhais bom ánimo, porque não se perderá a vida de nenhum de vós"
Tudo acontece no Seu tempo perfeito, e o nosso Maravilhoso Deus está sempre no controlo de tudo.

23/01/2014

8 Razões para confiar que Deus te socorrerá

8 Razões para confiar que Deus te socorrerá Todos nós passamos por momentos difíceis na nossa vida, por problemas, situações desagradáveis e coisas que tiram a nossa paz. Essas situações levam-nos a procurar uma solução, um socorro que possa trazer-nos alívio, paz e vitória. As pessoas costumam procurar em diversos lugares esse socorro. Procuram por pessoas ou coisas que possam socorrê-las, mas quase sempre não o encontram, pois o socorro verdadeiro não existe onde estão a procurar. O socorro eficaz está em Deus. Mas existem razões para crer que Deus me socorrerá? Razão 1 – O meu socorro está em Deus. O salmista, que certamente passava por alguma situação difícil, procura o socorro em Deus. “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?” (Sl 121. 1). Os “montes” citados neste texto era o local onde ficava o templo que, naquela época, representava para aquele povo a presença viva de Deus no meio deles. O salmista procurava encontrar a presença de Deus, pois sabia que o seu socorro estava em Deus. Razão 2 – O socorro de Deus é certo. “O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra.” (Sl 121. 2). Não há qualquer dúvida de que Deus viria socorrer o salmista. O salmista poderia ter dito: “o meu socorro, eu acho que vem do Senhor”, ou: “o meu socorro talvez venha do Senhor”; mas ele foi enfático e creu em Deus: “O meu socorro vem do Senhor”. Razão 3 – Deus é soberano sobre todas as coisas. “Ele não permitirá que os teus pés vacilem…” (Sl 121. 3). Tudo está debaixo da permissão de Deus. Nada pode acontecer sem a permissão Dele. Todos os meus problemas estão sob a Sua autoridade. Se creio nisso, descanso e encontro paz. Razão 4 – Deus está alerta ao que acontece na minha vida. “É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel.” (Sl 121. 4). Não existe o perigo de Deus esquecer-se de mim, pois Ele não dormita, nem dorme; está sempre alerta, é omnisciente, omnipresente, omnipotente. É um guarda perfeito, que vigia a todo instante os Seus tesouros! Razão 5 – Deus está próximo de mim. “o SENHOR é a tua sombra à tua direita.” (Sl 121. 5). Deus acompanha os seus servos, não os deixa, não os desampara. A minha sombra nunca se afasta de mim, assim Deus também não. Ele está totalmente próximo, a participar da minha vida de perto, inclusive quando atravesso as dificuldades. Razão 6 – Deus está a conduzir-me em todos os momentos. “De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua.” (Sl 121. 6). O Senhor sempre socorrer-me-á nas intempéries da vida. Razão 7 – O Senhor protege-me. “O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma.” (Sl 121. 7). Deus esconde-me debaixo da Sua protecção. Passo pelas dificuldades, mas sou guardado pelo cuidadoso Pai, assim como o pássaro guarda os seus filhotes no ninho salvos do perigo. Razão 8 – O cuidado de Deus é em todos os lugares e momentos. “O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.” (Sl 121. 8). Os meus passos estão debaixo da supervisão e cuidados de Deus. O que temer? Deus está sempre pronto a socorrer os seus servos!

17/01/2014

Um dia, logo depois do 11 de Setembro, eu conversava com uma pessoa que era responsável pela segurança de uma empresa no World Trade Center.
Com muita calma, ele contou-me histórias de sobreviventes e todas continham pequenos detalhes. Como talvez já saibas, o chefe de uma empresa chegou tarde, simplesmente, porque era o primeiro dia do seu pequenino no infantário. Um outro estava vivo porque era o seu dia de trazer rosquinhas para o café. Uma mulher atrasou-se porque o despertador não funcionou. Outra porque ficou presa numa fila provocada por um acidente. Um outro havia perdido o autocarro. Uma mulher teve que trocar de roupa porque derramou café. Alguém teve que atender uma chamada. O filho de outro demorou-se a sair da cama. Alguém não encontrava um táxi.
Muitas outras histórias... Pequenos detalhes... contratempos... talvez, algum dia, sejam escritos num livro.
E aquele homem com quem eu conversava estava vivo porque naquele dia estava a usar sapatos novos que lhe causaram uma bolha no pé e teve que ir a uma farmácia para comprar um bandeide (Band-Aid - J&J). Hoje, quando apanho uma fila de trânsito, perco um elevador, atendo uma chamada na altura de sair... Pequenas coisas que me aborreciam, penso comigo... estou exactamente onde Deus quer que eu esteja neste momento. Que Deus continue a abençoar-te com todos estes pequenos aborrecimentos que te façam lembrar dos Seus propósitos. Na próxima vez em que parecer que "te levantaste com o pé esquerdo", os teus filhos a demorarem em vestir-se, não te lembrares onde deixaste as chaves do carro, apanhares todos os semáforos fechados a caminho do trabalho, não fiques triste, não te irrites, não te sintas frustrado, louva a Deus, e agradece, porque Ele está a cuidar de ti. Nem sempre compreendemos os desígnios de Deus. Acredito que Ele queira sempre o melhor para nós, o difícil é ler as suas entrelinhas...

14/01/2014

Tenho uma Box da Cabo Visão pela minha sala e, já que ela teria de ser devolvida, tinha curiosidade em verificar que tipo de disco ela tinha dentro, já que nunca tive a oportunidade de o ver. Ao ver o tipo de disco que ela tinha, voltei a aparafusar a Box. Quando ia a recolocar a box na caixa de cartão onde ela se encontrava acomodada antes, estava um vaso com flores ao lado. Devo confessarvos que não tenho muita habilidade para rearrumar tudo direitinho na caixa de cartão. Então, no processo de recolocar a box na caixa, derrubei o vaso, e por breves instantes, achei que ele se fosse partir. Felizmente, o vaso caiu em cima da mesa, e não estalou nem um pouquinho.
Depois deste incidente, eu pensei: Quantas vezes eu escolho caminhos errados, quantas vezes faço coisas que não glorificam em nada a Deus, quantas vezes digo coisas que jamais deveria pronunciar? E qual é o melhor de mim que tenho dado a Ele e por Ele?
Mesmo depois de errar tanto, depois de cair, Jesus não deixa que eu me parta e me despedace. E mesmo que isso possa acontecer, lembra-te que quando um objecto se parte pelas mãos humanas e mãos humanas o tentem reconstruir, nunca será a mesma coisa. Mas quando mãos humanas destroem o melhor que temos em nós, mesmo que nós nos auto-destruamos, Jesus é perfeito, é Senhor mais do que maravilhoso para juntar os cacos que restaram da nossa vida e reconstruir tudo de novo, e melhor que tudo isto, o vaso acaba por ficar sempre mais bonito que antes.
É por isso e muito mais que Te amo, Jesus. Porque mesmo que, não querendo, tropece e caia, tu me levantas e saras as minhas feridas. Só tu me reconstrois e me tornas mais belo no meu carácter do que jamais fui antes. Eu entendo que dói muito quando nos partimos. Mas também entendo que, quando somos reconstruidos pelas mãos do nosso perfeito Amigo Jesus, aprendemos com os erros de antes, e mais andamos com Ele para nos prevenir das falhas futuras.

13/01/2014

Retirado do livro A formação de um Lider Joyce Meyer
É incrível a quantidade de áreas de nossa vida que poderiam ser corrigidas se acertássemos nosso coração com Deus. Talvez nosso coração não esteja cheio de pensamentos perversos, nem tenhamos imaginação perversa, etc, como as pessoas dos dias de Noé, mas uma atitude perversa ou um pensamento errado também pode ser considerado imaginação perversa ou pensamento perverso. Por isso devemos ter a atitude correta, pois a atitude é praticamente tudo. Se tivermos uma atitude negativa e muitos pensamentos pervertidos, não chegaremos a lugar nenhum na vida.
Retirado do livro A formação de um Lider Joyce Meyer
Há um coração físico e um espiritual, e os dois têm uma correspondência entre si. Fisicamente, o coração é o órgão mais importante do corpo. Espiritualmente, creio que o coração é o aspecto mais importante do nosso corpo espiritual. E é a coisa mais importante que o crente ou o líder pode dar a Deus. Por isso a condição do coração é tão importante. A atitude do coração é o ponto central da vida do líder, e deve ser também o ponto mais importante da vida de todo crente. Não é a falta de capacidade ou potencial que impede a maioria das pessoas de progredir ou de encontrar a realização na vida; creio que são as atitudes erradas do coração.

Podcast Deus Procura-te 77

Meu querido irmão, minha querida irmã e meu querido ouvinte, é bom iniciarmos este ano de 2014, trazendo-te a nossa primeira edição do Podcast Deus Procura-te Portugal. Para que possas contar com a nossa companhia, ouvindo uma passagem da palavra para reflectir, um poema e uma meditação, podes clicar no link: https://content.wuala.com/contents/deusprocura-te/podcast%20deusprocura-te/Podcast%20Deus%20Procura-te77.mp3/?dl=1
Amado irmão, amada irmã e amado ouvinte, deixamos-te de seguida os nossos contactos para que possas entrar em contacto connosco para algum pedido de oração, uma meditação, ou para pedires alguma música que gostarias que passássemos no Podcast.
E-mail: radiodeusprocurate@gmail.com
Facebook: http://www.facebook.com/DeusProcura-te.Portugal
Skype: radiodeusprocurate
Esperamos pelo teu contacto!
Por norma, na nossa vida, quando alguém precisa de ajuda, há palavras que tentamos dizer para consolar um coração despedaçado pela dor, uma alma abatida ou um espírito perturbado pelos diversos problemas que nos vão surgindo. Só que, por vezes, chegamos a um ponto, em que somos provados e confrontados com as mesmas palavras que um dia pronunciámos. Há lutas que temos de ultrapassar para que nos possamos tornar mais fortes. Devo admitir que me encontro num caminho cuja luta me parece difícil, e então tento refugiar-me em outra coisa ou várias coisas para que eu não fale sobre isso. Mas penso que não seja assim que se resolve. A palavra que me surge neste momento é: HEBREUS-CAPITULO-11 1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. 2 Porque por ela os antigos alcançaram testemunho. 3 Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente. 6 Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. Se vários homens e mulheres, assim como eu enfrentaram coisas ainda mais perigosas e mais difíceis que eu, porque haveria então eu de me esconder das lutas? Devo então enfrentá-las, mas reconhecendo que não sou eu quem determina a vitória. É Deus que sabe o princípio, o meio e o fim de todas as coisas. Ele permite que as lutas possam surgir para nos provar. Quero ser corajoso, e admitir perante Ele as minhas lutas porque, de qualquer das formas, Ele sabe quais são elas. "Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa; Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe." Salmo 139:12-13 Sim, nada é encoberto a Deus, e Jesus o disse mesmo quando veio ao mundo. Mas na palavra também está escrito: "... A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." Tiago 5:16 E nós somos justificados, não pelas nossas obras, mas pela fé em Jesus Cristo. Somos limpos não porque merecemos, mas porque Jesus carregou todas as nossas transgressões com Ele, ao morrer naquela cruz. Deus prova o seu amor para connosco, em que deu Jesus Cristo, Seu Filho, para que morresse por nós. E amando-nos incondicionalmente, ele importa-se com as nossas dificuldades. Assim, se há alguém que não se sinta de todo correcto, achegue-se a Deus, e Ele nos receberá e acariciará com todo o carinho, e ajudar-nos-á a passar pelas provas que temos de suportar. Mas lembra-te, nem sempre é no nosso tempo, mas é no perfeito tempo d'Ele.

06/01/2014

para pensar

retirado do livro O líder que Deus usa 1. "Precisamos tomar a decisão de desenvolver amizades em que não exigimos nada em troca”. Essa é a base para o amor bíblico, incondicional e não manipulador. 2. "Deve haver um esforço consciente para nutrirmos um interesse autêntico por outras pessoas". Esse interesse deve procurar o benefício dos outros e não os nossos próprios interesses. 3. "Cada um de nós é uma criatura ímpar. Conseqüentemente, levaremos tempo, e muitas vezes um longo tempo, para conhecermos uns aos outros". Tempo expressa amor de modo prático. 4. "Comprometa-se a aprender como ouvir". Ouvir atentamente é difícil, especialmente quando a pessoa falando é monótona, mas isso expressa amor genuíno. 5. "Simplesmente, esteja presente, quer você saiba exatamente o que fazer ou não". Investir tempo em pessoas demonstrará o seu cuidado. Cuidar é amar. 6. "Sempre trate as pessoas de igual para igual". Ser um líder não faz de alguém melhor do que outros, nem mais valioso, aos olhos de Deus. 7. "Seja generoso com elogios legítimos e encorajamento". É impossível demonstrar amor através de criticismo amargo e depreciação dos outros. Os elogios carregam a mensagem oposta. 8. "Faça de seus amigos prioridade, preferindo-os antes de si mesmo". O amor não pode ser praticado sem demonstrar o valor de seus amigos a outros. Considerar cada um superior a si mesmo é uma ordem do Senhor (Fp 2.3). 9. ''Aprenda amar a Deus com todo o seu coração, alma, mente, e força. Depois ame seu próximo como a si mesmo". O Senhor deixou claro que amar ao próximo está ligado com amar a Deus. 10. "Enfatize as qualidades e virtudes dos outros, não, seus pecados e fraquezas". Pecadores, somos todos;
Quando nos sentimos distantes de Deus ou espiritualmente fracos, podemos encontrar nutrição e alimento espiritual na Palavra de Deus. “…desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento…” (1 Pedro 2:2). Pede a Deus que renove o teu desejo por um relacionamento com Ele e começa a alimentar teu coração, alma e mente com a Sua Palavra. Alimentar-nos da Palavra de Deus nos mantém fortes e saudáveis no Senhor.