24/06/2014

Para pensar

Quando tu não colocas a tua esperança em Cristo, a tua vida começa a parar. Quando tu honras a Deus, Ele também honra a tua fé!

Por Amor E Não Por Vaidade

Por Amor E Não Por Vaidade "Vaidade de vaidades, diz o Pregador; vaidade de vaidades, tudo é vaidade" (Eclesiastes 1:2). Muitos de nós costumamos fazer a obra de Deus pensando em receber reconhecimento, notoriedade e até aplausos. Queremos mostrar que somos capazes e melhores que os outros. Quando não somos elogiados, ficamos tristes, chateados e, muitas vezes, deprimidos. Mas... o que fazemos é para a nossa glória ou a de Deus? Trabalhamos por interesse ou por amor ao Senhor? No mundo queremos alcançar fama, distinção, sucesso total. Queremos atrair os holofotes e receber a admiração de todos. Esse é o sucesso do mundo. Mas, como não somos do mundo, não podemos seguir o mesmo caminho. Sucesso, para nós, filhos de Deus, é ver o nome de Jesus engrandecido, ver os que andam perdidos encontrarem o Caminho e a salvação, ver os lares destruídos serem restaurados e iluminados pela presença do Senhor. Quanto mais diminuímos e o nosso Deus cresce, mais sucesso nós temos e mais abençoada é a nossa vida. Como filhos devemos obedecer ao Pai. Como cristãos verdadeiros devemos glorificar ao Pai, como separados pelo Senhor devemos fazer a Sua obra, não por vaidade e sim por amor. Devemos amá-Lo de todo o coração e esse é o melhor caminho para a perfeita felicidade. Se o nosso trabalho na seara do Mestre é bom e ninguém vem agradecer, glórias a Deus. Foi para Ele que fizemos e não para os homens. Se ninguém vem abraçar-nos após servirmos ao Senhor, alegramo-nos da mesma forma, porque sabemos que o Senhor sempre estará a abraçar-nos, e a dizer baixinho: "Servo bom e fiel..." Não existe elogio melhor, não existe recompensa maior que a de ser amado por Deus.