16/05/2011

Eu era feliz e não sabia

E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado" (Mateus 23:12).
Como nos faz mal a soberba! Queremos ser sempre maiores e ocupar lugares de destaque para que todos nos admirem e aplaudam. Queremos ser os melhores, queremos estar nos lugares mais elevados, queremos ser distinguidos entre todos os demais. Achamo-nos superiores e não aceitamos o fato de estarmos num lugar menos honroso, mesmo que sejamos felizes ali. A nossa altivez conduz-nos pelo caminho do inconformismo e até a alegria desaparece, dando lugar a lamentos e murmurações.

Há um dito popular muito verdadeiro: "Eu era feliz e não sabia". Quantas vezes já repetimos isso no nosso íntimo? Quantas vezes já reconhecemos que todo o nosso empenho e ansiedade foram inúteis? Quantas vezes deixamos o refrigério do pouco para experimentar a inquietude do muito? Podemos nós almejar um lugar melhor, um cargo superior, um sonho mais audacioso? É claro que sim. Mas que tudo aconteça na hora certa, por uma humilde determinação, pela maravilhosa bênção de nosso Deus. É melhor ser exaltado por uma atitude humilde do que ser humilhado por uma atitude arrogante e prepotente. É melhor sentar na última cadeira e ser convidado a vir para a primeira do que sentar na primeira cadeira e ser convidado a ir para a última. É muito melhor ser pequeno e guardado no coração do Senhor do que estar no topo, longe do Senhor, perdido e ignorado.

Silvi
quarta-feira, 11 de Maio de 2011



As dádivas de Deus!

"Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação" (Tiago 1:17).

O mundo induz-nos a buscar sempre o lugar mais alto em todas as situações. Temos de ter a melhor casa, o carro mais caro, o emprego que dê o maior salário, o lugar mais elevado na escala social. Só assim seremos admirados, só assim seremos reconhecidos, só assim seremos felizes. Pelo menos, é o que achamos. Na vida espiritual, com o nosso Senhor Jesus Cristo, a caminhada para o sucesso é diferente. "Os últimos serão os primeiros", "quem quiser ser o maior, deve se humilhar e servir", "cada um considere o outro superior a si mesmo"... Se seguirmos a escalada do mundo, poderemos atingir o ponto mais alto nos nossos propósitos, porém, não há garantia alguma de felicidade. Se seguirmos o trajecto ensinado por Deus, é possível que nenhum holofote seja aceso sobre nós, porém, teremos como companheira constante, a tão sonhada felicidade.
De que nos serviriam as grandes dádivas do mundo? Para um momento passageiro de orgulho e vaidade? As coisas da terra ficarão na terra e de nada servirão na eternidade.
As dádivas celestiais, por menores que possam parecer, não apenas encherão de regozijo os nossos corações como nos acompanharão para todo o sempre. Essas são as dádivas que eu quero ter e, tenho plena convicção, por menores que sejam, são maiores do que todas as que o mundo oferece. Quais são as dádivas que tu estás a buscar?

Silvi
Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

10/05/2011

"Não andeis ansiosos por coisa alguma..." (Filipenses 4:6).


Quando gastamos nosso tempo inutilmente com ansiedade e preocupação, perdemos óptimas oportunidades de experimentar as bênçãos que decorrem de um coração confiante e seguro no Senhor. Ele nos prometeu grandes coisas e o melhor que temos a fazer é esperar pacientemente pelo cumprimento de cada uma delas. De que adianta eu colocar as minhas inquietudes no altar de Deus se não sou capaz de esperar o tempo certo de Sua resposta? Se entendermos que grande é o Senhor e não as nossas angústias, viveremos de forma muito mais abundante e não seremos incomodados pelo stress que elas provocam. A fé fortalece a nossa esperança no meio a turbulências, experimentamos momentos de paz e felicidade. De que adianta passarmos longos dias preocupados com os problemas que nos afligem se a vitória, sabemos, vem do Senhor? De que nos valerá estar desesperados se não temos força ou capacidade de resolvê-los? Deixemos que Deus tome conta de tudo. Descansemos à sombra de Seu altar e tenhamos confiança plena de que a solução logo chegará. E, se por qualquer motivo ela não vier, glorifiquemos a Deus porque a Sua vontade é soberana e Ele terá coisas maiores e melhores para nós.
Abandona toda a ansiedade que impede que tu sejas realmente feliz. Abre o teu coração para o Senhor e deixa que Ele dirija a tua vida. Os teus problemas, na realidade, são pequenos e logo desaparecerão. Grande é o nosso Deus! Grandes são as bênçãos que Ele nos dá!

Silvi
Terça-feira, 26 de Abril de 2011