08/07/2010

O Espirito Santo

O Espírito Santo

O Espírito Santo, sendo a terceira pessoa da Trindade, tem personalidade. Ele é uma Pessoa muito sensível (apesar de ser forte e poderoso) que não coabita com o pecado. O Espírito de Deus é o Espírito Santo. Se ele é Santo, Ele é puro, sendo assim, o Espírito que é Santo, só pode habitar num Templo santificado (as nossas vidas lavadas e remidas no sangue de Jesus). Deste modo, o Selo do Espírito Santo só poderá permanecer na vida daqueles que optarem por viver uma vida longe da corrupção do mundo. Quando nos distanciamos de Deus, o Espírito Santo começa a afastar-se de nós. Se uma pessoa nega Cristo como único e suficiente Salvador e Senhor, o Espírito Santo desmarca essa pessoa.

Resumindo: o Espírito Santo só poderá habitar na vida daqueles que reconhecerem Jesus como seu único e suficiente salvador. Por vezes, ainda com o nosso descompromisso, a sua marca permanece, no entanto, o poder do Espírito Santo não é tão eficaz. Mas quando o rejeitamos (a Jesus), o Espírito Santo abandona-nos.

02/07/2010

Sobre o Espírito Santo


O Espírito Santo habita em nós quando temos vidas santificadas. Uma vida errónea tira-nos esse privilégio. Temos  que decidir o que cremos.

Efésios capítulo 1  versículo 13
Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa.

Efésios capítulo 4 versículo 30.
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.

Selo
O selo do espírito santo quando nos desviamos do caminho do senhor não fica em nós . na parábola da videira isto é fica claro primeira a João capítulo 1 versículo 6 nisto conhecemos o espírito da verdade e,  o espírito do erro.  

Primeira a João capítulo 1 versículo 6
Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.

Silvi

Viver na Contra-Mão

A sociedade em que vivemos é pautada por baixos valores: egoísmo, feminismo, sensualismo, homossexualismo, fanatismo, corrupção, entre tantas outras coisas. É mais fácil fazer o que o mundo apoia como correcto, do que viver na contramão do que já está implementado no mundo. Muita coisa deveria ser mudada nesta sociedade que diz estar em evolução. Na verdade, estamos a regredir, a decair e a sermos empurrados para o abismo. A sociedade deveria ser mais justa, unida por objectivos comuns como o combate à pobreza, desemprego e guerras. Largar os baixos valores e seguir os padrões mais altos, isto é, os padrões contidos na Palavra de Deus. Só assim poderemos marcar a diferença, fugir da contaminação deste mundo e herdarmos a herança que Deus tem para cada um de nós: a vida eterna.