19/02/2012

“Então chamou Moisés a Josué, e lhe disse à vista de todo o

Israel: Sê forte e corajoso, porque tu entrarás com este

povo na terra que o Senhor, com juramento, prometeu a teus

pais lhes daria; e tu os farás herdá-la” (Deuteronômio

31:7).



Quantas bênçãos temos perdido exclusivamente porque nos

falta fé para alcançá-las! O Senhor tem nos prometido

vitórias em todos os nossos empreendimentos e,quando estamos

diante de um desafio, duvidamos, esquecemos que nossa força

vem de Deus, limitamo-nos a temer dar um passo a mais. O

Senhor tem a nossa bênção pronta e nós a perdemos porque é

mais fácil murmurar do que mostrar ousadia e confiança.

A palavra de estímulo nos foi dada: “Sê forte e corajoso”. E

o que estamos esperando? Por que não começamos a correr,

imediatamente, em direção aos nossos sonhos? Por que não

crer completamente que já os conquistamos?

O grande segredo de toda vitória é “crer”. “Sem fé é

impossível agradar a Deus”. Se a nossa caminhada enfrenta

uma tempestade, passemos por ela. O sol voltará a brilhar a

qualquer momento. Se “no meio do caminho tem uma pedra”,

passemos pelo lado ou, se preciso, passemos por cima dela.

Se vivemos um momento de crise, mantenhamos a esperança, a

calma e a bonança voltarão na primeira esquina de nossa

jornada.

Sem fé e coragem, não somos capazes sequer de levantar da

cama. Sem fé e coragem, nossos dias serão nebulosos. Sem fé

e coragem, não chegaremos a lugar nenhum.

Eu creio que alcançarei minha bênção e nenhum obstáculo me

impedirá de recebê-la. E tu?



domingo, 19 de Fevereiro de 2012

quem quizer

Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome


cada dia a sua cruz, e siga-me Lucas 9:23



Quanto mais entendemos os planos de Deus para nossas vidas,

mais leve se torna a cruz que carregamos. Quanto mais

sentimos prazer em fazer a vontade do Senhor, mais ignorado

é o peso de nossa cruz. Quanto mais nos colocamos diante do

altar de Deus, mais compreendemos que todas as coisas

cooperam para o nosso bem, inclusive o peso da cruz que

suportamos.

A nossa caminhada neste mundo é um aprendizado, uma

preparação para grandes desafios, um degrau a mais para

alcançarmos a verdadeira felicidade em Cristo Jesus. Cada

um, de maneira particular, tem uma cruz a carregar. E, por

mais que nos pareça pesada, é ajustada à nossa resistência.

É a nossa cruz é perfeita para o nosso crescimento

espiritual não podemos trocá-la por nenhuma outra.

Quando murmuramos pelas dores que ela nos traz; quando nos

curvamos ante as aflições que ela nos proporciona; quando

nos recusamos a suportar a carga que nos é imposta; perdemos

a oportunidade de ir mais longe, de subir mais alto, de

testemunhar das bênçãos maravilhosas que o Senhor tem

preparado para os vencedores.

A tua cruz é pesada? Eu te digo que não! Ela tem o peso

exato do que tu podes aguentar e os ensinos exatos do que

tu precisas aprender. E, com fé, verás que as mãos do Senhor

estão colocadas entre teus ombros e a cruz, e, logo ela se

tornará tão leve que tu nem sentirás mais seu peso.

Amando ao Senhor tu nem perceberás que estás carregando uma

cruz.



domingo, 19 de Fevereiro de 2012

01/02/2012

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo

tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo

João 16:33



Até onde temos suportado as adversidades da vida? Temos sido

capazes de aguentar os momentos difíceis com a mesma fé que

nos motiva durante os períodos de grande alegria e bênçãos?

Temos compreendido que muitas vezes o Senhor permite que

enfrentemos lutas para que sejamos edificados e aprendamos a

confiar inteiramente nele?

O salmista dizia que com Cristo ao seu lado, não temeria

ultrapassar o vale da sombra e da morte. Temos nós a mesma

certeza? Somos capazes de não murmurar quando alguma coisa

não dá certo em nossas vidas? Somos capazes de manter a paz

e a esperança mesmo diante de obstáculos? Como tem andado o

nosso ânimo espiritual?

Quando o senhor está ao nosso lado tudo vai bem. O mundo não

nos incomoda a paz nos envolve completamente as bênçãos

são constantes, a vitória é certa

Febe, cujo nome significa “brilhante e radiante”, vivia em Cencreia, uma vila portuária na parte oriental da cidade de Corinto, onde Paulo p...